"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

21.9.11

Grandes pequenos sonhos!


Por que era bom ser leve
Flutuar por entre as bolas de sabão
Leve entre o ar daquela pequena
Imensidão


Por que tudo era tão saboroso
Não tinha o mesmo som que agora
A mesma qualidade
A mesma emoção


Só queríamos mais
Crescer
Mesmo que aqueles jardins se fossem
Era preciso que se brotassem jasmins


O tamanho das nossas ilusões 
Nossos pés e nossas mãos
Estávamos dispostos 
A receber da vida um sim ou não..


Palavras em vão

5 comentários:

Iorgama Porcely disse...

Seus versos me fizeram lembrar de um amigo querido.
Lindo!

Silviah Carvalho disse...

Um poema tão lindo quanto ser criança.Parabéns.

Jeferson Cardoso disse...

Por que era mágico, magia... Beijo e convido para que visite o meu blog também. Será um prazer lhe receber. Está linda na nova foto do twitter. Parabéns! Parabéns pelo trabalho aqui! Abraço do blogueiro amigo!

She disse...

Ah que coisa gostosa, que leveza de versos... Beijo, beijo!
She

Rafael Castellar das Neves disse...

Caramba, Ju!! Arrebentou!! Excelente, gostei muito mesmo!!

[]s