"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

20.10.11

Um amor para amar


Um amor quando encontra outro amor pra amar
Reafirma a certeza de novos brilhos
Outros dias, outras noites, mais sorrisos
Como se aquelas vidas agora se pertencessem

Puramente iniciantes
As expectativas clamam por espelhos, reflexos
Um fogo que resplandece qualquer imagem
A troca da solidão por instantes inseparáveis

A entrega é visível
Dois mundos que unem as mãos
Dispostos a tudo, ao futuro
Lado a lado..

Uma viagem para um contexto iluminado
Que só quem se arrisca conseguirá sentir
Alguns tropeços poderão existir
Mas nada separa o que há de persistir.

Palavras em vão

Um comentário:

Jaque ઇ‍ઉ disse...

"Mas nada separa o que há de persistir".

Que lindo isso amiga! E é bem verdade... Quando é pra ser ninguém atrapalha!

beijinhos