"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

4.12.11

Doce Loucura

Metade santa
Metade insana
Diante de tanta travessura
Ainda se faz doce a loucura..

Quem nunca a teve
Pelo menos uma vez?
Revele os segredos, medos
Irá se contradizer..

Ela troca passos bem dados
Por tropeços rasgados
Embaraça a mente
E o que se tem presente

E ainda à loucura pedem
Que se faça parte da gente
Quem nunca se fez louco,
Com certeza, mente.

Palavras em vão

4 comentários:

Dário Rodrigues disse...

Muitos dos melhores momentos da vida são momentos de doces loucuras...

Beijo....

Gi Zamai disse...

Muito bom seu blog e o poema é doce e inspirador. Primeira vez por aqui e gostei muito, passa lá no meu cantinho, abraços

Cicero Edinaldo disse...

encontrei o seu blog por acaso, mas não é por acaso que eu vou segui-lo! Não sei se é porque amanheci muito 'sentimental" hoje, porém esse texto me emocionou muito! de verdade! Lembrei de alguns momentos que fui chamado de louco por querer largar o que eu tinha construído e começar uma nova vida! Obg por compartilhar o seu talento com a gente. OBG POR ME EMOCIONAR LOGO NO INICIO DO DIA!
ps: vou te seguir!
----
blogestarcomvoce.blogspot.com

silvioafonso disse...

.


Eu sou como os beija-flores;
vim deixar um beijo.

silvioafonso















.