"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

10.12.11

Flores de Outono [em Nós]


Flor de outono
Em pleno campo
Ao longe se vê
O seu dito encanto

E logo de manhã
Coloca-se em pranto
Com a chuva de orvalho
Regando o seu manto..

Triste, se faz a flor
Pois a estação é chegada
A sua hora também amarga
Terá que se despir

Tua pele chega a sentir
Pétalas ao chão, o teu coração
Que não sabe mentir
É, então, o seu momento de partir..

Palavras em vão

4 comentários:

! Marcelo Cândido ! disse...

Gosto do outono
!!!!

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida

" Das alturas orvalhem os céus,
E as nuvens que chovam justiça,
Que a terra se abra ao amor
E germine o Deus Salvador"...

Fico tão sem palavra para agradecer o carinho imensurável com que me cumula ao longo do ano que só posso lhe dizer que te amo fraternalmente...
Seja muito abençoada e feliz, amiga!!!
Bjm de paz e FELIZ NATAL... apesar de qualquer vestígio de dor em seu coraçãozinho....

"Quando eu estiver contigo no fim do dia, poderás ver as minhas cicatrizes,

e então saberás que eu me feri e também me curei."

Tagore

Eric Maffer disse...

Ah, o Outono, e as belezas sutis que ele trás...

Fátima disse...

Amei a delicadeza dessa poesia Ju.

Beijoss