"Escrevo: por que a escrita me faz bem, muito bem,
uma, duas, três, várias palavras, poemas, versos, textos.
Só preciso que existam palavras e elas possam me ajudar
a encontrar o vão entre os meus pensamentos e sentimentos.."Juliana Matos

20.9.12

Pela União

Essas palavras ainda ficarão na memória
Mesmo se reescritas ou inventadas.
Ainda ficarão perdidas nesse espaço,
Como se esquecessem de si, mas nunca do mundo.
De onde vieram, de onde sobreviveram,
Momentos em vida, em sonhos, em sentimentos
Ricos, pobres, entregues, devolvidos.
Assim, elas ficarão soltas, sem um sinal de esperança
Mas crentes.
Completas pelo o que há, pela presença.
Pela união.

Nesse sentido, é o que basta, é o que sempre será..


Palavras em vão

2 comentários:

Tânia disse...

Palavras..sempre elas.Beijo.

Iorgama Porcely disse...

Ficam na memória martelando, revivendo os momentos e, muitas vezes, demoram para ser esquecidas.